Back
Close

Introdução ao SYCL

menotti
19.6K views

Depurando SYCL

Depurando no host

Uma diferença importante entre SYCL e OpenCL é que, embora os kernels OpenCL possam ser executados apenas em dispositivos OpenCL, um kernel SYCL também pode ser executado no dispositivo host SYCL. Este modo não requer uma implementação OpenCL para a CPU e pode ser usado quando não tivermos uma disponível. Além disso, nesse modo, o código é executado como código de máquina padrão e pode ser depurado como tal. Isso significa que os problemas em seus kernels SYCL podem ser encontrados com muita facilidade, sem a necessidade de recorrer a depuradores específicos de dispositivos e manipulação de hardware desajeitada. Você pode usar o depurador de sua escolha e interromper a qualquer momento dentro de um kernel. Se a invocação for um parallel_for, o código do host gerará threads do SO, portanto, métodos padrão de depuração multithread podem ser aplicados.

Depurando no dispositivo

Isso funciona bem na maioria das vezes, mas nem todos os tipos de problemas podem ser depurados dessa maneira. Se um problema ocorrer apenas durante a execução em um dispositivo OpenCL, ele deverá ser analisado de maneira diferente. Existem vários pontos em que algo pode dar errado. Na maioria das vezes, é um erro do usuário - algo a ver com diferentes larguras de tipo, uma corrida de dados que só pode ser observada no modo de dispositivo etc.

Em casos como esses, pode ser necessário depurar o código em execução no OpenCL ou mesmo no hardware específico. Existem algumas ferramentas para tornar esse processo um pouco menos doloroso:

  • Oclgrind simula um ambiente OpenCL completo que pode detectar uma variedade de erros que não necessariamente se manifestam no modo host.
  • GPUVerify é uma ferramenta de análise formal que pode 'provar' que um trecho de código está correto em certos aspectos. Infelizmente, ele aceita apenas código OpenCL C, o que significa que você teria que traduzir seu kernel SYCL.
  • Os fornecedores de hardware geralmente fornecem ferramentas de depuração específicas para seus dispositivos.

Imprimir stream

O construtor cl::sycl::stream recebe dois números - o tamanho máximo do buffer e o tamanho máximo da instrução. O tamanho do buffer controla quantos bytes no total podem ser enviados pelo fluxo na chamada do kernel. O tamanho da instrução controla quantos bytes podem ser produzidos em uma única instrução, ou seja, tudo entre o primeiro stream::operator << e o ponto e vírgula. Por exemplo, em << a << b << '\n';, o tamanho máximo da instrução é um limite para sizeof(a) + sizeof(b) + sizeof('\n'). O último parâmetro é o grupo de comandos no qual o fluxo será usado.

No kernel, produzimos uma string e um manipulador de nova linha - o SYCL fornece alguns manipuladores análogos aos da biblioteca padrão C++.

Imprimir stream
Create your playground on Tech.io
This playground was created on Tech.io, our hands-on, knowledge-sharing platform for developers.
Go to tech.io
codingame x discord
Join the CodinGame community on Discord to chat about puzzle contributions, challenges, streams, blog articles - all that good stuff!
JOIN US ON DISCORD
Online Participants